Goa, um pedacinho de Portugal na Índia

Quando começamos a planejar a viagem pela Índia, estávamos na dúvida se deveriamos incluir Goa no circuito. Encontrei com umas portuguesas super simpáticas no hotel que ficamos em Mandalay, Burma, e conversa vai, conversa vem, elas me convenceram que com certeza Goa deveria fazer parte do nosso roteiro. Que bom que segui a recomendação delas!

Resolvemos fazer um roteiro histórico, mais distante das praias e dos seus resorts impessoais. Encontramos a excelente Hospedaria Abrigo de Botelho, no bairro Fontainhas (Latin Quarter) na capital de Goa, Panjim. A hospedaria é uma casa típica portuguesa que foi totalmente renovada. Uma beleza e muito confortável, graças também à hospitalidade do casal Roy e Sharon Botelho, donos da hospedaria. Fontainhas é uma área muito charmosa, com várias casas tradicionais portuguesas, algumas restauradas, outras não.  Na Rua de Natal, onde fica a nossa hospedaria, encontramos a Igreja de São Sebastião, uma capelinha muito fofa. Resolvemos que voltariamos à igrejinha para a missa de domingo de Páscoa. Fizemos ótimas caminhadas pela zona, aprendendo sobre a herança cultural que foi deixada pelos portugueses em Goa. Também adoramos a culinária local, uma mistura da comida portuguesa e indiana, com uma pitada de Goa. Até o sapoti, fruta deliciosa que comi muito no Nordeste do Brasil, nós encontramos aqui! Meu restaurante preferido foi o Horse Shoe, de um português muito simpático chamado Vasco Silveira, e que serve comida tradicional de Goa e Portugal. Ali comemos uns deliciosos fígados de galinha,  pão com chouriço e caldo verde.

DSCN4932

Hospedaria Abrigo de Botelho

DSCN4939 DSCN4938

 

 

 

 

Além de Panjim e Fontainhas, também visitamos Old Goa, onde a maioria das igrejas antigas estão localizadas. Achamos todos os monumentos e museus muito bem conservados, havia até muitos turistas nesse dia. De Old Goa fomos visitar uma das praias da região e, por recomendação do Roy, paramos em Velsao Beach para almoçar e dar um mergulho. Mar calmo e quentinho, éramos só nós 4 e alguns indianos no mar. Um dia perfeito.

DSCN4996

Antiga Igreja de St. Augustine

DSCN5039

Basilica de Bom Jesus

DSCN4961

Panjim, Goa

Depois de 5 dias em Goa, tivemos a sensação de que nem estávamos na Índia, e sim num pedacinho de Portugal. Valeu muito à pena a nossa visita, adoramos a história, a comida, as pessoas.

Próxima parada – Udaipur, Rajasthan

DSCN4958

Church of Our Lady of the Immaculate Conception

DSCN5061

Velsao Beach

DSCN4963

Rickshaw em Goa

 

3 responses to “Goa, um pedacinho de Portugal na Índia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *